Scroll to top

Cursos

Criança Interior

Criança interior

Inauguramos o Instituto Capixaba de Hipnose e estamos com as inscrições abertas para o grupo psicoterapêutico com a criança interior, com técnicas regressivas, isso objetivando muitos resultados.

Por isso, vou começar a falar um pouco sobre a criança interior e o trabalho que farei nos grupos. Quando não podem confiar nas pessoas responsáveis por elas, as crianças desenvolvem um profundo sentimento de desconfiança. O mundo parece um lugar perigoso, hostil e imprevisível. Dessa maneira, precisam estar constantemente em guarda e no controle. A pessoa que nunca aprendeu a confiar confunde intensidade com intimidade, obsessão com interesse real e controle com segurança. Precisamos aprender que as outras pessoas (mamãe, papai, o mundo lá fora) é segura e confiável. Se podemos confiar no mundo, podemos confiar em nós mesmos. A emoção do passado não resolvida, geralmente é usada contra a própria pessoa. A energia emocional que é repetida contra a própria pessoa pode provocar graves problemas físicos, incluindo distúrbios gastrointestinais, dores de cabeça, tensão grave, artrite, asma, ataques cardíacos e câncer. Muitos adultos-crianças movem-se constantemente entre o medo do abandono e o medo de serem completamente dominados. Alguns isolam-se, temendo serem absorvidos por outras pessoas. Outros recusam terminar relacionamentos destrutivos, temendo o abandono. A maioria deles flutua entre os dois extremos. A criança ferida que vive no adulto é a causa principal dos vícios e dos comportamentos viciados, compulsivos (álcool, drogas, comida, co-dependencia).

A recuperação da criança interior envolve a regressão através dos estágios de desenvolvimento e a procura de tudo que não foi terminado. O trabalho de lamentar as perdas e ferimentos chama-se o trabalho que fazemos com a dor original, exige que experimentemos novamente o que não pudemos experimentar quando perdemos nossos pais, nossa infância e, acima de tudo, nossa noção de Eu Sou. Crescer numa família disfuncional é como chegar no cinema no meio do filme e nunca entender a história. O trabalho com a dor original consiste em experimentar realmente os sentimentos originais reprimidos. Os mais profundos sentimentos são os de vergonha e de solidão. Ficamos envergonhados quando nos abandonam. Sentimos que somos maus, como se estivéssemos contaminados. E essa vergonha leva a solidão. Todo filho de um sistema familiar disfuncional sentirá privação e abandono emocionais. A resposta natural ao abandono emocional é a vergonha tóxica profundamente enraizada, geradora da raiva primitiva e uma profunda sensação de mágoa. A vergonha tóxica é o sentimento de ser falho diminuído e de nunca corresponder à expectativa. Essa vergonha é muito pior do que o sentimento de culpa. Esse sentimento de vergonha tóxica é o centro principal da criança ferida. Bem, os grupos são quinzenais de 2 horas, com várias técnicas regressivas, de elaboração da dor original, várias dinâmicas psicoterápicas, inclusive trabalho com a terapia da linha do tempo, para propiciar a saúde emocional para todos do grupo. Venha resgatar e tornar saudável sua criança interior.

Interessado?

Entre em contato

Criança Interior

Workshop autoestima

A autoestima é um dos dispositivos básicos que movem o ser humano, sem autoestima fica difícil ter uma vida equilibrada.

Você deseja ter autoestima, possuir uma vida equilibrada e se redescubrir emocionalmente? Venha fazer o workshop autoestima! Será ministrado pela Psicóloga e Hipnoterapeuta: Débora Monteiro Coelho, pela Nutricionista Esportiva e Estética: Danielli Pizzol e pela Arteterapeuta: Anna Maria Saibel Santos.

Interessado?

Entre em contato

Criança Interior

Saiba como emagrecer com saúde

Venha participar do grupo "Medida Certa", e você contará com acompanhamento nutricional e psicológico, com desafios, metas, orientações palestras, incentivo motivacional e apoio mútuo entre os participantes. Vagas Limitadas!

Nutricionista: Danielli Pizzol.
Psicóloga e Hipnoterapeuta: Débora Monteira Coelho.

Interessado?

Entre em contato